Clínica Dorta Santiago

Informe-se

O que é anadontia e quais os efeitos que ela provoca

Anadontia é a ausência genética de todos ou de alguns dentes de uma pessoa. Nesse caso, o dente não existe, ou seja, não irá nascer.

A anadontia pode envolver todos os dentes da boca (anadontia total) ou apenas alguns dentes (anadontia parcial).

Pode acometer as duas dentições (de leite e permanente) ou apenas a dentição permanente.

Os dentes comumentes mais afetados pela anadontia são:

  1. Os dentes do siso
  2. Os segundos pré-molares
  3. Os incisivos laterais superiores
  4. Incisivos centrais inferiores

 

Pacientes com anadontia parcial podem apresentar problemas na função, oclusão e estética. Já nos casos de anadontia total o quadro é mais complexo, pois há grande impacto facial e dentário, podendo afetar funções como a mastigação e a fala.

O tratamento da anadontia irá depender de cada caso.

Em alguns pacientes, o tratamento poderá ser dispensado caso se verifique que o próprio organismo conseguiu se adequar, não havendo danos, como ocorre nos casos de ausência dos dentes do siso.

Nas hipóteses de anadontia total, deverá ser realizada a reabilitação completa , podendo envolver a colocação de próteses totais ou implantes acompanhados de próteses sobre implantes. Possivelmente esse paciente deverá ser encaminhado para acompanhamento com fonaudiólogo.

As anadontias parciais podem ser tratadas com a utilização de aparelho ortodôntico, fechando-se os espaços abertos ou então mantendo-os abertos para posterior colocação de implantes.

A anadontia não tem cura, mas os danos podem ser minimizados ou totalmente anulados caso haja o tratamento adequado. Por isso a importância de realizar o acompanhamento periódico com o seu dentista.

Clínica Dorta Santiago